9ª edição - do Jornal Capital em Foco

 

OS EVENTOS SOCIAIS EM MUDANÇA

 

Por Karla Lopes

 

O Covid-19 veio devagarinho e foi capaz de parar o mundo. Bagunçou economias, projetos, e diversos setores foram colocados a refletir, e se renovar. Os setores de entretenimento, esporte, turismo e cultura não ficaram de fora dessa paralisação forçada, e o impacto está sendo devastador.

No setor de eventos sociais (aniversários, casamentos, festas de 15 anos, bodas etc.) não foi diferente. Foi atingido brutalmente. Uma festa, por mais simples que seja é composta por toda uma equipe na organização e desenvolvimento do evento. De repente, todos foram obrigados a parar, reformular datas e começar uma preparação para uma nova forma de realizar eventos com todos os cuidados necessários para que o coronavírus não se espalhe ainda mais. A palavra do momento é renovação. Os eventos que aconteceriam podem acontecer, mas de uma forma totalmente diferente e cuidadosa.

Não se sabe quando será possível a retomada dos eventos sociais parados desde o dia 12 de março após Medida publicada no DODF. Provavelmente, seja a última fase de reabertura, e isso só será possível se todos estiverem devidamente adaptados à nova era. Até lá, o impacto financeiro e social nessa turma tem trazido noites em claro e muito estudo de adaptação.  Ninguém estava preparado para tantas mudanças. Empresas de buffet, por exemplo, começaram a trabalhar com o sistema de delivery; empresas de decoração estão fornecendo material para pequenas celebrações em casa; e muitos outros, usam as redes sociais em lives e apresentação de trabalhos. Há quem esteja utilizando a venda de voucher para uso assim que as coisas forem permitidas voltar ao normal. Chegou a hora de todos, unidos, repensarem como será. Só não se sabe quando será. O Governo do Distrito Federal segue em estudo cauteloso na tentativa de retomada gradual de todas as atividades.

O que se sabe é que o adiamento ou cancelamento de um evento deve ser avaliado em conjunto com os fornecedores, de forma que o cliente se sinta acolhido. Apesar de ser um sonho, neste momento ele deve ser realizado em conformidade com as normas de saúde que é garantir que todos estejam seguros.

O Jornal Capital em Foco em sua 9ª Edição conversou com fornecedores no ramo de casamentos para verificar como o isolamento social impactou nos eventos de 2020, e em todo planejamento organizacional como empresa. Nesta edição, também temos o relato de um casal que adiou seu casamento para 2021. O casamento deles aconteceria em agosto de 2020, e eles decidiram no mês de maio pelo adiamento. Segundo Sophia e André, é provável que até lá as coisas ainda estejam difíceis, e em nome dos convidados, a decisão, por mais complexa, foi a melhor.

Tauan Alencar (Foto e Filmagem) - TauanAlencar.com/@AlencarTauan

“Nessa época de pandemia, está bem complicado para a área de eventos (e imagino que para muitas outras), todas as empresas sentindo de uma forma bem brusca e rápida. Para minha empresa Tauan Alencar, mudanças de datas ocorrendo a todo momento e afetando diretamente em toda organização financeira e de vida, pois sem eventos, sem certezas, não dá para programar muita coisa enquanto não passar isso tudo. No mais, só esperar e estudar muito, e muito, para voltar melhor!”

 

 

João Pedro Gonçalves (Banda de Cerimônia) - Acordes Casamentos/ @acordes_casamentos

O mercado de eventos, no geral, foi o primeiro a ser atingido, e será o último a voltar à ativa 100%, e pessoas como eu, que vivem do mesmo, sofremos com essa consequência, acaba que nessa situação temos que buscar uma segunda fonte de renda para ajudar no desfalque que estamos passando. Porém, não é apenas algo FINANCEIRO, mas costumo dizer que pessoas que trabalham com eventos são pessoas que amam fazer isso, em particular eventos como casamentos, existe amor em cada detalhe de nosso trabalho, então estar longe dos casamentos se toma algo triste, não só para mim, mas também para todos que fazem parte de nossa empresa! Mas estamos com pensamentos positivos, e nessa situação tão complicada o mais importante é dar apoio a todos nossos clientes, tanto no apoio emocional ajudando com palavras positivas, e ajudando eles a trocarem suas datas, algo que não é fácil, mas será algo necessário para a saúde de todos!

Eduardo Iff (Fotografia)– Iff Fotografia /@eduardoiff

“Houve mudanças de datas para os casamentos que ocorreriam entre os meses de março e agosto.  Acredito que quando a situação se normalizar, iremos valorizar ainda mais os encontros e festividades de tal forma a ressignificar cada celebração em família tornando-as ainda mais especiais e emocionantes. Desta forma, acredito que o mercado irá se moldar a nova situação por meio de casamentos mais intimistas e menores, por exemplo, mini weddings.  Neste atual momento, devemos nos unir para que possamos passar por esse difícil momento da melhor forma possível com o objetivo de dar o suporte necessário aos nossos noivos”.

Fernando Luz e Idalina Luz (Espaço de Festa) - Platô Eventos /@platoeventos

” Devido a pandemia, o mercado de eventos tem sido afetado diretamente, gerando muitos adiamentos e, em alguns casos, sem previsão para remarcação já que não sabemos quando tudo voltará ao normal. Em tempo de dificuldade, a Platô Eventos vem facilitando e acalmando suas noivas, que também estão apreensivas com o adiamento de seus sonhos. Estamos ansiosos para que tudo isso acabe e possamos voltar a executar nossos serviços com a mesma excelência já conhecida no ramo de espaço de eventos, buffet e decoração. É um momento de grande apreensão que exige de nós e de nossos parceiros ainda mais organização, planejamento e cautela. A solidariedade deve guiar nossas ações e temos certeza de que sairemos dessa crise com grandes lições e muita disposição para retomar o que ficou parado. Sorte e sucesso para todos nós é o que deseja a Família Platô".

Sophia Duarte - Gestora financeira e André Jacob - Analista de planejamento e orçamento – Casamento agendado para agosto de 2020 e reagendado para junho de 2021

 “Foi uma decisão bem complicada adiar a data do nosso casamento, porque como muitas pessoas já havíamos antecipado a data desde o ano passado. Mas, apesar de ser uma decisão um pouco frustrante, todos sabem do risco que teríamos de realizar a festa ainda em agosto, por mais que o DF talvez seja um dos primeiros a ter suas atividades normalizadas. Então, por gostarmos muito de todos que compartilharão este momento conosco, nosso casamento foi adiado para 2021 e contamos com o apoio e compreensão de todos os fornecedores, familiares e amigos”.

As mudanças ocorrerão em todos os planos. Festejar será um desafio em tempos futuros, e as adaptações serão importantes porque não sabemos até quando essa fase, já longa, durará. O certo é que todos se uniram para transformar em aprendizado, o desconhecido. E, quando isso tudo passar, será muito mais animado celebrar a vida.

Karla Lopes 

 

Bacharel em Secretariado Executivo Bilíngue.

  • Instagram ícone social
  • Facebook Social Icon