Foco Especial!

Atualizado: Abr 18

Por Silvana Scórsin


Capital em Foco teve a honra de conhecer Maria Eugênia B da Costa, que nos brinda com esse excelente material sobre a obra ”Raiva, quem não tem? Guia de gerenciamento da raiva” de sua coautoria. Nesses momentos, um presente para nossos leitores!



Como lidar com a raiva de forma saudável

Vivemos tempos turbulentos. Temos que lidar com o estresse da vida agitada, pressões no trabalho, cobranças no ambiente familiar. Uma pesquisa1 apontou que 61% das pessoas se consideram impacientes, e 47% dos entrevistados afirmaram que a raiva já criou problemas no trabalho ou em relações pessoais. São várias as situações que levam os seres humanos a ficarem com raiva. Uma colisão no trânsito, uma crítica do chefe ou uma discussão no relacionamento são apenas alguns exemplos. Segundo a Mental Health Foundation (UK), 1 a cada5 jovens afirma ter dificuldade em lidar com sua raiva. As consequências e os prejuízos causados pela raiva não são nada agradáveis, afetam a saúde, a profissão e as relações humanas.

Mas é possível aprender a lidar com esta emoção de maneira saudável, sem sufocá-la e sem explodir ou perder o controle. Énecessário conscientizar-se sobre suas causas, perceber e mensurar a raiva, ressignificar fatos e acontecimentos. “Somente dessa forma será possível desenvolver inteligência emocional para gerenciar a raiva, fazer as mudanças necessárias e reencontrar bem-estar e equilíbrio”, afirma Patrícia Santos, consultora e autora do livro Raiva, quem não tem? – Guia de gerenciamento da raiva.

Alguns tópicos para debate:

- O que é a Raiva: emoção ou sentimento?

- A diferença entre irritação, raiva, ira e fúria

- Como perceber os sinais de aviso da raiva? Por que ficamos com raiva?

- Quais os principais disparadores da raiva?

- Como identificar o grau em que se encontra a raiva: a escala da raiva

- As consequências da raiva: o que acontece com nosso corpo, mente, relacionamentos

- O Gerenciamento da Raiva: o que podemos fazer para lidar com a raiva de forma saudável

1 – Pesquisas realizadas pela Conexão Consultoria Organizacional, durante os anos de 2017 e 2018.




A obra: Raiva, quem não tem? Guia de gerenciamento da raiva

A proposta deste livro não é apenas conversar sobre o assunto, mas também fazer um percurso para perceber, medir, encarar, transformar e seguir em frente.

A obra pode ser comparada a um crossfit emocional no qual, a cada estação do percurso, o leitor tenha a oportunidade de entender como essa emoção – tão poderosa e presente em nossas vidas – se manifesta, que impactos causa e, principalmente, como administrá-la.

Gerenciar a raiva significa trazer à consciência a emoção e aprender a lidar com ela de forma saudável.

“Se você for paciente em um momento de raiva, evitará cem dias de tristeza.” (Provérbio Chinês)


Coautora

Maria Eugênia B. Costa

Educadora com mestrado e doutorado em educação nos EUA, consultora na área de comportamento organizacional envolvendo desenvolvimento de equipes, criatividade e desenvolvimento gerencial. CertificaçãoInternacional, pela Newfield, para atuar como coach. Atua como coach de executivos há mais de 15 anos. Trabalhos publicados nos temas: grupo focal e desenvolvimento de equipes. Especialista em Anger Management pela National Anger Management Association – NAMA/New York- USA. Diretora executiva da empresa Questão Essencial.


15 visualizações
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon