Foco especial! Banco da Amazônia: 78 anos fomentando e desenvolvendo a Amazônia


Postado por Silvana Scorsin do portal guaranyjunior.com.br em 09.07.2020


Principal Instituição financeira de fomento da região Norte, o Banco da Amazônia completa nesta quinta-feira, 9 de julho, 78 anos de existência. Por conta das restrições impostas pela pandemia da COVID-19, a organização vai marcar a passagem da data de forma diferenciada das que vem realizando nos últimos aniversários. Este ano, a celebração será feita com colaboradores, clientes, parceiros e sociedade em geral por meio de uma campanha institucional que será veiculada nas redes interna e sociais da organização.


“Temos muito que celebrar porque os resultados apresentados pelo Basa ao longo dessas décadas orgulham a todos nós. Ano passado, batemos recorde de investimentos. E, este ano, a despeito da conjuntura, se continuarmos no ritmo atual, seguiremos dando a resposta positiva que a Amazônia espera de seu banco, fomentando o desenvolvimento da região de forma sustentável”, pontua Valdecir Tose, presidente do Basa.



Foto: Valdecir José de Souza Tose – Presidente do BASA


Com a chegada de 2020, e o advento da pandemia que assolou o mundo, o Banco da Amazônia precisou se reinventar. Na área digital, por exemplo, criou o aplicativo Sua Conta Basa, para agilizar o processo de cadastro e abertura de conta no banco, passo importante para atender as necessidades dos empreendedores que buscam um financiamento na Instituição.

Leia na integra a entrevista do Presidente Valdecir José de Souza Tose.

Nome completo – Valdecir José de Souza Tose Formação – Contador – MBA em Negócios Financeiros e especialista em Direito Tributário e Administração e Estratégia Empresarial Cargo – Presidente Empresa- BASA Banco da Amazônia

1. Sua história no Basa.Conte sinteticamente para os nossos leitores e internautas? R- Sou empregado de carreira do Banco há 23 anos, passei por praticamente todas as funções. Sou capixaba de origem e iniciei a carreira no Banco em Rondônia e vim ao Pará em 2008 para Santarém e depois para Belém. Assumi em 2016 a Diretoria de Infraestrutura ao negócio que acumulo desde 04/2018 com a Presidência do Banco.

2- O que significa presidir um Basa? R- É uma responsabilidade incrível ter sobre os ombros as ambições e esperanças de tantos empreendedores que veem no BASA uma fonte de um futuro melhor. Ao mesmo tempo é um grande orgulho porque temos visto o trabalho dar frutos e avançarmos com o apoio dos nossos colaboradores e dos parceiros.

3- Qual o papel do Basa? R- O BASA é um banco regional de desenvolvimento para empreendedores rurais ou urbanos, que buscam condições de realizar seus sonhos e objetivos de desenvolvimento. Temos também serviços e produtos padrões dos bancos comerciais mas com o foco e direcionamento ao fomento das atividades produtivas.

4 -Quantas agências o Basa possui? R- Atualmente temos 120 Agências espalhadas pela Amazônia.

5- Quantos colaboradores? R- Temos 2.986 colaboradores

6 – Quais as diretorias do Basa? R- São 5 Diretorias: Comercial, de Crédito, de Controle e Risco, de recursos e produtos e a de infraestrutura ao negócio.

7 – Quais as carteiras de crédito? R- O Banco atua com diversas fontes de recursos, sobretudo, voltadas ao fomento, por isto, dividimos as carteiras em fomento e comercial. No Fomento estão o FNO, FDA, FMM, FAT e outros e no Comercial estão classificados os créditos de origem própria do banco cuja fonte são os depósitos de poupança, a vista e a prazo.

8 – Qual a linha de crédito que é a cara do Basa? R- O Banco da Amazônia por atuar com o foco no fomento suas linhas são muito mais baratas que em qualquer outro Banco da região, mas temos produtos e serviços da linha comercial tradicional como o cheque especial que é naturalmente o crédito mais caro, mas longe dos maiores juros do mercado. Tal informações inclusive pode ser verificada no site do Banco Central que compara as taxas entre os Bancos.

9 – Qual porte dos clientes- empresa? R- O Banco opera com todos os portes desde o empreendedor informal através do nosso MPO Amazônia Florescer até os grandes projetos de infraestrutura que a região necessita, mas a maior parte de seus financiamentos são concedidos aos empreendedores de pequeno porte cerca de 60% do volume dos financiamentos.

10 – Como vai ser o Círio do Basa? R- Assim como para todos, estamos aguardando uma definição das autoridades para verificar se adotaremos a nossa homenagem tradicional ou alteraremos. Estamos com os dois planos prontos para atuar visando independentemente da decisão realizarmos uma grande homenagem a nossa rainha da Amazônia.

11- Qual sua mensagem? R- O ano de 2020 tem sido muito duro a todos e precisamos ter muita coragem e resiliência para enfrentarmos de frente as adversidades e buscar alternativas. O BASA é uma alternativa aos empreendedores para buscarem melhorar seus negócios ou suportar este período de crise mais aguda. Nesses 78 anos do Banco a história tem demonstrado a relevância de um banco regional de desenvolvimento, sabemos que há muito a melhorar e que o caminho será árduo mas não faltará disposição para atuarmos fortemente nesta direção.

14 visualizações
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon