Foco no talento! Cordel em homenagem a Taguatinga!

Por: Gustavo Dourado

Cidadão Honorário de Brasília

Presidente da Academia Taguatinguense de Letras.


“Viva Taguatinga 6.2

Viva a Academia Taguatinguense de Letras 3.4


Cordel para Taguatinga

Por Gustavo Dourado


Nasceu a nave do barro

Água e flor primordial

Lá na beira da estrada

Deu-se o ato inaugural

O povo fez a cidade

Taguatinga, sem igual


Tauá + Tinga, barro branco

Origem Tupi – Guarani

Taguatinga luminosa

O nome pegou por aqui

Bom barro da escultura

No riacho o buriti


Ave, Fazenda Taguatinga

Urbi do Planalto Central

Barro branco em céu azul

A vocação universal

Ti, Brito, César, Durvalino

Na pedra fundamental


Aglomerados urbanos

Rumo à Capital Federal

Sonho da Cidade Livre

O núcleo habitacional

Taguatinga no caminho

Foi o marco essencial


Vila Sarah Kubitschek

Do candango pioneiro

Viajantes do destino

Mil barracos no terreiro

JK te abençoou

Deus e Israel Pinheiro


Santa Cruz de Taguatinga

Poeira e caminhão

Povo entregue à própria sorte

Nas vias de ligação

Os candangos te criaram

Nos tempos da construção


1958

Tudo se iniciou

Era 31 de maio

O povo se revoltou

No dia 5 de junho

Taguatinga se implantou


Clima tropical semi-úmido

Tem inverno e verão

Cortado e Taguatinga

Unem-se no Ribeirão

Deságue no Descoberto

Água para a multidão


1200 m de altitude

21º de temperatura

Média de 1750 mm

Ameniza a secura

Entre 20 e 60%

Umidade sem frescura


121,55 Km² de área

Gente em alta densidade

53,16 hab/hectare

Superpovoa a cidade

A metrópole do Cerrado

Cresce em multiplicidade


Arniqueira, Vereda da Cruz,

A Cabeceira do Veado

Águas Claras, Olho D´água

Sem esquecer do Cortado

Currais e Vicente Pires

Samambaia do outro lado


Santo Ribeirão das Pedras

Faz o abastecimento

Água potável da boa

E um bom saneamento

Taguatinga nos emociona

Toca o nosso sentimento


Sagui, onça, anta e tatu

Raposa e lobo-guará

Nhambu, veado e perdiz

Foram pra banda de lá

Fogo, erosão e morte

Vieram de lá pra cá


O Dr. Ernesto Silva

Implantou o loteamento

Suporte da Novacap

Para o funcionamento

Quatro mil pessoas alojadas

Sem muito planejamento


Israel Pinheiro e Ernesto

Lúcio Pontual Machado

E Milton Pernambucano

Apoiaram o povoado

Taguatinga deu um salto

Pra ser gigante do Cerrado


Água potável provisória

Transporte assegurado

Mil fossas construídas

Com suporte do Estado

Escolas e hospitais

Sem estudo antecipado


Durvalino, Ti, Francisco, César

Quem foi o primeiro morador?!

Glicério Rodrigues, João Santiago

Quem foi primeiro pastor?!

Colégio Coração de Maria

Um bom centro educador


O seu primeiro médico

Dr. Amílcar Quadrado

As primeiras professoras

Tenho comigo guardado

Teresinha Alves Nogueira

Juraci Martins - bom grado


Dr. Mário Bruno Sperling

O primeiro advogado

São José, de Zé Cardoso

Foi o primeiro mercado

Primeiro vigário católico

O Padre Antônio Bernardo


Astor Duarte – poeta primeiro

Gostava de declamar

Boa poesia no Havaí

O nosso primeiro bar

Bar Estrela, uma legenda

Pra beber e se encontrar


Avenida Comercial Sul

Posto dos irmãos Moreira

Nenen`s Chopp, da Shell

A gasolina pioneira

E no Cine Paranoá

Via-se filme de primeira


Hércules de Tebas

Primeiro filme exibido

Hotel Cantina de Persília

Muito amor foi bem vivido

A Loja Mercantil Moreira

Foi comércio bem sortido


QI, QR, QNA, QNB

Rente à área central

QSA, QSB, QSC

Na estrutura original

Vila Matias, Vila Dimas

E a eterna Vila Areal


QND, QNE, QNG

Fluem na Comercial

QNF – Via Samdu

QNH na lateral

QNJ – casas da SHIS

Próximas da Chaparral


QSD, QSE, QSF

Avanço habitacional

QNL e QNM

Na sequência literal

Taguatinga se expandiu

Pra ser recorde mundial


QSC 01, Área Especial 01

Primeiro grupo escolar

EC 01 de Taguatinga

Cabe aqui destacar

São José lá no Bicalho

Missa, reza e namorar


Saburo Onoyama, um mito

Patrimônio ambiental

Indicado por Hirohito

Veio ao Planalto Central

História em Taguatinga

E no Distrito Federal


Primórdios de Taguatinga

Do Ginásio Industrial

Centro Educacional EIT

Esteio da Regional

ATL - Teatro da Praça

Resistência cultural


Golpe de 64

Não se pode esquecer

A EIT foi invadida

Foi um triste amanhecer

Taguatinga ocupada

Foi longo o anoitecer


Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Agora no setor central

Abençoou Taguatinga

No tempo primordial

Igreja Protestante de Cristo

Foi evangélica inicial


O Banco da Lavoura

Hoje é Banco Real

Mercado Sul, Mercado Norte

Dinamismo comercial

Stella Maris, Cisne, DTUI

É Taguatinga magistral


Bar Estrela... Caixa D´água

Poesia e criação

Cineclube, arte na rua

Pensamento e emoção

Gritto na linha de frente

Faculta...Associação


A Caixa D´água fez história

Foi um símbolo da cidade

Foi-se e tornou-se lenda

Nos deixou muita saudade

Permanece em espírito

Vigia a modernidade


Taguatinga em Pé de Guerra

Lavadeiras a lutar

Barro Branco em poesia

Leitura a transformar

Cinema em sua imagem

Taguatinga a se mostrar


Academia Taguatinguense de Letras

Texto e criatividade

Facita e Taguacenter

Comércio...Multiplicidade

Taguayork do Cerrado

Transmuta a realidade


Jornal Satélite, BSB Capital

Informação permanente

Pioneira e Alvorada

Transporte de muita gente

Taguatinga tem um povo

Trabalhador – consciente


Rolla Pedra no caminho

Legião - Detrito Federal

Kareca, Kauim, Kascão

A Floresta Nacional

Avenida das Palmeiras

E a Primavera cultural


Cine Rex, Cine Lara

Chapecó e Pioneira

Hipopotamus, Papagaios

Balanço à noite inteira

Sorveteria 0 Grau

Bom gosto na geladeira


Taguatinga criativa

Um Rótulo Indefinido

Pégasus, 5 Generais

O rock era atrevido

Aborto no Rolla Pedra

Por Fernandez promovido


Romão, CIT, Clube dos 200

SESC, SESI, Primavera

Noite no Bar do Careca

Ecos de uma nova era

CTN, EIT e CEAB

O sonho é uma quimera


Taguatinga Esporte Clube

Católica e Portuguesa

Cidade Pós-industrial

Que preserve a natureza

Ceilândia e Samambaia

Flores de tua beleza


Joaquim Cruz – Brasiliense

Jessé, Leila e Pezzão

Na Rua da Alegria

Comi pizza e macarrão

Bons tempos de Taguatinga

Tudo agora é ilusão


Mestre Gilvan na Ladainha

Capoterapia cultural

Berimbau em Taguatinga

Quintessência musical

Biblioteca Braille - ATL

Leitura é fundamental


Pesquisa e livro didático

Na Livraria Escolar

Clodo, Climério e Clésio

Revelação ao luar

Cucas Bar, arte e cultura

Faz bem aqui recordar


Famosa Praça do Relógio

Citizen Watch afamado

Estrutura de concreto

Por Yamada doado

Hora certa todo dia

O povo sincronizado


Adail Dalla Bernardina

Roper de Souza Nogueira

Projetaram o relógio

Em paisagem altaneira

Marca a hora correta

Hora certa...verdadeira


Praça do Relógio e do DI

Bicalho deixou saudade

Cidade metropolitana

Pistão Sul – modernidade

Shoppings e arranha-céus

Taguatinga nos invade


Praça Santos Dumont(DI)

Departamento Imobiliário

Hotel DI programado

Noturno prazer diário

Taguatinga é verbete

Do eterno dicionário


Avenida das Palmeiras

Hélio Prates, Estrutural

Samdu, Centro, Sul e Norte

E a grande Comercial

Pistão Norte-Sul, promessa

Ecológica-cultural


O passado no presente

O futuro, a memória

Taguatinga prosa e verso

Consciência em sua história

Taguá metropolitana

Comércio na trajetória


Astor e Leão do Norte

A poesia estelar

Muralha em tuas noites

Arte até o sol raiar

Na ATL multiversos

Fogo, terra, água e ar


Buritinga - GDF

Taguatinga Capital

Educação, novo tempo

No Distrito Federal

Nova forma de gestão

Transformação cultural


Taguatinga tem Memória

Arte, multiplicidade

Poesia à flor da pele

Cultura e diversidade

São Pedro, Sagrada Família

Abençoam a cidade


Taguatinga, Barro Branco

Metrópole Comercial

Taguayork do Cerrado

Dimensão monumental

No céu da Curva da Onça

Um pôr do sol magistral


Brito, Matias, Dimas, Maestro

O grito da liberdade

Onoyama - Kireybara

Bicalho deixou saudade

Notícia Via Satélite

Romão com vivacidade


Praça do Relógio e DI

Avenida Comercial

Elmo Serejo - Hélio Prates

Via Samdu e Chaparral

Taguatinga é o pulmão

Do Distrito Federal


Taguatinga é galáxia

Cultura em evidência

Cidade mais luminosa

Que floresce sapiência

É o coração de Brasília

Que desperta consciência


Taguatinga amorosa

A beleza da irmandade

Fé, amor e harmonia

O amor à divindade

Família de Taguatinga

De luz e fraternidade


Taguatinga escultural

As letras da Academia

Sempre-Viva - Calliandra

Quintessência da poesia

Orbi - urbi diamantina

Na voz da cidadania


Taguatinga grandiosa

Metropólen comercial

Cidade que se projeta

Tem essência cultural

É princesa do DF

Luz do Planalto Central”



8 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon