Home Office: Boas práticas para quem trabalha em casa

Por: Marcela Brito - Cofundadora da Iventys Educação Corporativa

Pâmela Mezzomo - Fundadora da Prime Assessoria Remota


Das poucas coisas que se podem afirmar neste momento, uma delas está bem clara: não voltaremos ao mundo que costumávamos habitar até janeiro de 2020. Aquele mundo NÃO existe mais. Neste momento, estamos transitando para um universo diferenciado, no qual demandas para aprendizagem, comunicação e trabalho em e por meio de ambientes virtuais aumenta.

Desde os primeiros registros de contágio pelo novo corona vírus (Covid-19) no Brasil, no fim de fevereiro, uma onda de preocupação, desespero e pânico se instalou no país. Não somente pelo alcance da doença, como também pelos impactos sociais, políticos e econômicos causados. Na segunda semana de março, diversas autoridades governamentais passaram a decretar o fechamento de comércio, a suspensão das aulas nas escolas e universidades, até que organizações públicas e privadas passaram a adotar um novo regime de trabalho, embora algumas tenham mantido a escala de revezamento: o home office. Muitas pessoas ficam em dúvida quanto ao funcionamento deste modelo de trabalho, considerando que no Brasil é pouco adotado e ainda não faz parte plenamente da nossa cultura. Mas a questão é que o home office, livremente traduzido neste texto como “escritório em casa”, ainda provoca dúvidas e questionamentos nas pessoas de modo geral. E foi pensando nisso, que compartilhamos neste texto algumas informações sobre o perfil e algumas atividades que podem funcionar melhor em home office e as melhores práticas para um ambiente produtivo. E para esta missão tenho a honra de dividir este texto com a especialista Pâmela Mezzomo, com mais de 15 anos de experiência profissional em assessoria executiva e fundadora da Prime Assessoria Remota, sediada em Brasília, com clientes em 4 estados do Brasil! O trabalho  Home Office veio para ficar e, tanto no Brasil como em vários outros países, teve seu processo de implantação acelerado em função do Covid-19. Muitas empresas, buscando garantir a saúde de seus funcionários e familiares destes, respeitando as orientações de isolamento social e buscando diminuir o impacto financeiro reflexo da paralisação do comércio, tiveram que se adaptar, mais precisamente tiveram que improvisar, para que seus funcionários continuassem colaborando de seus lares. Neste grupo de pessoas que foram direcionadas ao home office, existem aquelas que já cogitavam esse formato de trabalho, logo estão mais preparadas para exercer suas atividades, mas também existem aquelas que foram pegas de surpresa e precisam de ajuda para se organizar e conseguir realizar suas atividades de forma efetiva. Da mesma forma que existe um perfil de pessoas que se adapta facilmente a esse modelo de trabalho existe outro que que está condicionado à rotina de ir para o escritório e exercer suas atividades lá, longe de seus lares.  Além desses, existe ainda o grupo dos que subestimam os desafios do home office. Para contribuir na organização da rotina de trabalho home office, compartilho algumas dicas que considero muito importantes: É preciso, acima de tudo, ter disciplina para não se perder nas demandas. Portanto, abaixo seguem as dicas: Dica 01: Defina um espaço adequado para fazer de escritório em casa e crie regras para entrada e permanência de pessoas neste ambiente. Mesmo que pequeno, procure ter um cantinho só seu. Ele deve ser tranquilo, organizado e silencioso.   Dica 02: Escolha móveis ergonômicos para este ambiente, uma mesa na altura e dimensões adequadas à sua estrutura física, uma cadeira confortável, luminárias para que o ambiente tenha a claridade adequada.   Dica 03: Estabeleça uma rotina de trabalho. Estabeleça o horário que vai começar e parar de trabalhar, os intervalos para descanso e refeições. Defina seus horários de acordo com a sua disponibilidade. Não sobrecarregue sua agenda, deixe sempre tempo para leitura, estudo e organização das próximas atividades.   Dica 04: Planeje suas atividades - Liste as atividades que precisa executar no dia ou semana e organize as prioridades. Mantenha sua lista de atividades sempre à vista, diminuindo assim as chances de você perder o foco ou esquecer de alguma atividade importante.   Dica 05: Finalize as atividades iniciadas. Você vai perder um tempo precioso para recuperar a linha de raciocínio em que estava para só, então, dar continuidade a uma tarefa. Se possível, programe-se para iniciar a atividade no tempo hábil para concluí-la no mesmo dia.   Dica 06: Desconecte-se das redes sociais, e-mails pessoais e aplicativos de mensagens; estes também são vilões da produtividade. Um simples acesso é capaz de envolver facilmente horas que poderia utilizar para finalizar aquela demanda que está inacabada.   Dica 07: Invista em aperfeiçoamento/conhecimento. O saber não ocupa espaço, mas alarga horizontes. Reserve um tempo na sua rotina para adquirir conhecimento, seja em cursos que vão te ajudar a melhorar sua rotina profissional, seja em leituras contextualizadas com a sua atividade ou sobre o ramo de atividade da empresa em que atua, seja aprender a utilizar aquele aplicativo que pode facilitar a sua rotina ou outro tipo de conhecimento agregador. Só não deixe de se aperfeiçoar. Neste momento delicado, é importante estarmos abertos à adaptação ao home office, pois trata-se não só de um formato de trabalho, estamos tratando também da saúde de pessoas que convivem conosco.







Marcela Brito - Cofundadora da Iventys Educação Corporativa Pâmela Mezzomo - Fundadora da Prime Assessoria Remota

36 visualizações
  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon